Primeira quinzena de abril tem queda de 28% na movimentação de cargas

Queda na movimentação de cargas

A AT&M Tecnologia, empresa líder que detém mais de 90% do mercado de seguros de transporte de cargas, com mais de 26 mil transportadoras e embarcadores, registrou a primeira queda na movimentação de cargas em 2020. Durante a primeira quinzena de abril/2020, foram registrados R$ 195 bilhões em movimentação de cargas no país, queda de 28% na comparação com a primeira quinzena de março último, quando foram registrados R$ 271 bilhões. Além disso, foram contabilizados 20,8 milhões de averbações (registro de todas as cargas movimentadas) representando queda de 11% em relação a março, quando foram registrados mais de 23,3 milhões de documentos averbados.

Na comparação anual, os dados registrados pelos sistemas AT&M também apontam para um cenário negativo. A primeira quinzena de abril deste ano, teve queda de 19% em relação ao mesmo período de 2019, quando foram contabilizados R$242 bilhões em movimentação de cargas e 18 milhões de documentos averbados.

O sócio fundador, Vagner Toledo, destaca que o setor de transporte de carga resistiu em março, pois, ainda sentia o reflexo das compras de fevereiro e da primeira quinzena de março impulsionado pelo aumento do consumo em supermercados, medicamentos e e-commerce. Em abril, o segmento de transporte e logística já começou a sentir a desaceleração por conta da pandemia do Coronavírus. “Infelizmente, os reflexos da pandemia na economia afetaram também o segmento de transportes, registramos queda na primeira quinzena de abril e os indicadores apontam a mesma tendência até o final do mês, com base nas movimentações diárias acompanhadas pela empresa”, destaca Toledo.

Metodologia da pesquisa – Vagner explica que os dados de movimentação de cargas gerados pela AT&M são exatos e contabilizados com base em documentos de Conhecimentos de Transportes (CT-es) ou  na nota fiscal informados no momento do embarque pelo transportador.

Ou seja, os indicadores da empresa não são construídos com base em pesquisa ou percepções de mercado,  visto que a mesma mantém infraestrutura tecnológica formada por servidores instalados em um dos maiores data centers do mundo, para o registro diário da movimentação de cargas de mais de 26 mil transportadoras e embarcadores em todo o país. Portanto, os dados de movimentação de cargas registrados dia a dia refletem com segurança, o termômetro do transporte de cargas asseguradas do Brasil.

Foto: Ministério da Infraestrutura

Skip to content